Para você guardei o amor... e o chocolate!

June 9, 2017

 

 

 

 

Sabe aqueles momentos de insight l-o-u-c-o? Quando um estalo acontece e tudo parece fazer sentido por um segundo. Que tudo se encaixa, que os cosmos se alinham e você descobre a resposta da vida (SQN mas finge que sim por um segundo, vai!).

Senti essa inspiração e botei nesse post, que foi escrito num momento de muita gratidão pelo meu companheiro de vida (óin). Digo de vida, não só pelo tempo (que é quase oito anos) que estamos juntos, mas pela quantidade de fases, momentos e personas que foram desenvolvidas enquanto estivemos e estamos juntos. E nesse ponto, posso falar por mim.

Eu já fui/sou estudante, pós-graduada, desempregada, cética, religiosa, sedentária, atlética, mística, concurseira, confeiteira, empreendedora, (agora blogueira kk) hippie, consumista, minimalista, loira, morena, ruiva, junkiegluten-free, entre outras muitas. Gosto de brincar que por ser regida pela Lua (descobri isso na minha fase mística hahaha), vivo mudando de fases... como ela. É no humor, nos interesses, nas vontades, nos gostos (só não de amor, ufa!).

A curiosidade pelo conhecimento pode ser uma virtude, mas as vezes te desestabiliza. Invariavelmente vem a sensação de que você definitivamente nunca vai amar uma coisa só. Somos seres complexos (uns ainda mais hehe), então só me resta aceitar que as mudanças fazem parte da vida.

Enfim, o papo era sobre o mozão, foco! 

Nessa de ser metamorfose ambulante e, literalmente, a cada dia vir com uma nova ideia, ou uma novo hobby ou com qualquer nova obsessão da vida da última semana, vejo quanta a sorte eu tenho de ter achado alguém que tope entrar nas minhas loucuras comigo e me aceita do jeito que eu sou (nem sempre é fácil, I know).

Às vezes me perguntam o segredo do meu relacionamento durar tanto, se é que isso existe.. "segredo". Mas se for pensar em uma possível resposta, está aí. Na novidade de cada dia (já que acabamos por nos apaixonar sempre pelos novos-eu) e pela paciência e aceitação em enxergar o outro com tolerância e afeto, sem julgamentos. 

Nisso posso garantir que o meu é mestre. Deixo aqui o meu agradecimento pelos ensinamentos diários e pelo apoio incondicional. You are my rock! (de vez em quando criptonita, mas vamos ser fofos agora).E já que o post é sobre amor, a receita de hoje tem que ser com o ingrediente que mais agrada o meu. 

MEU BEM, se ele compartilha com você, é prova de amor INCONDICIONAL: o famigerado chocolate!  

Segue a receita do petit gateau (sem glúten, sem lácteos e sem açúcar) mais gostoso que eu já comi (considerando os tradicionais!!!), que como já diria Daniele Noce, é MUITO chocolatudo:

 

 

 

PETIT GATEAU SEM GLÚTEN, LEITE E AÇÚCAR

 

 

INGREDIENTES:

 

  • 350g de chocolate 70% cacau (sem traços de leite - eu uso da Callebaut)

  • 30g de manteiga ghee ou óleo de coco

  • 30g de farinha de oleoginosas (nozes, castanhas, amêndoas...)

  • 10g de farinha de linhaça

  • 4 ovos inteiros

  • 4 gemas

  • 50 g de xylitol ou, se quiser usar açúcar, pode substituir por 60g de demerara ou de coco.

 

PREPARAÇÃO:

 

Primeiramente, aqueça o forno a 150 graus.

Depois, unte as forminhas com óleo de coco ou ghee e cacau em pó.

Em seguida, em um bowl, derreta o chocolate com o ghee ou óleo de coco no  micro-ondas (em potência baixa, mexendo de 30 em 30 segundos) ou numa panela em banho-maria.

Em outro bowl, bata os ovos com as gemas e o xylitol ou açúcar até começar a esbranquiçar e triplicar de tamanho (demora uns 10/15 minutos, paciência!).

Neste momento, acrescente o chocolate derretido com a gordura e as farinhas de oleaginosas e linhaça. 

Preencha as forminhas já untada com massa e asse no forno pré-aquecido por 5 minutos (ou até você ver que a massa já está começando a ficar cozida nas bordas, mas ainda está mole no meio. Fique de olho na primeira vez porque pode variar de forno para forno).

 

RENDIMENTO: aproximadamente umas 12 unidades. 

 

 

 

 

NHAMIS!

A textura fica mais firminha, ~ não derrete no prato que nem um petit gateau tradicional ~ mas fica beeeeem macia e molhadinha no meio, não perdendo nada para o original. 

Fiz a geleia de morango para acompanhamento, mas é totalmente opcional. Fica ótimo também com um sorvete de banana ou um caldinha de chocolate derretido! Logo mais passo a receita da geleia.

Essa sobremesa fica perfeita para fazer no dia dos namorados para o seu amor ou para você mesmo(a) se está solteiro também, porque é super rápida. 

Testem e me avisem se não ficou MARA!

Com muito amor e para o meu amor,

Luísa.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Search By Tags
Please reload

Archive
Recent Posts
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon