Barrinhas de Chocolate e Matcha (sem forno)

August 31, 2017

 

 

Mencionei esses tempos no meu instagram (@soulbaker_) sobre Matcha e seus benefícios. Já tinha ouvido falar muito bem dele, - é considerado uma superalimento -, mas não sabia que estava essa febre no mundo todo. Quando viajei, só se via preparações com ele nos cantos hipsters/saudáveis/cools de NY e Paris. Era matcha no biscoito, no brownie, no suco, na barrinha, logo mais inventam de botar nos produtos de beleza e de casa. Vai por mim haha

E já tinha em mente que compraria Matcha lá fora, mas ter visto essa obsessão só me deu mais certeza de que vale a pena o investimento ($$$$) nesse pózin de uma cor verde linda!

 

// Mas afinal, o que é Matcha?

É o chá verde (Camellia Sinensis) moído fino, que é majoritariamente produzido e muito utilizado no Japão. 

Ele é um produto único, porque o seu processo de fabricação exige muita qualidade. As folhas de chá verde são protegidas do sol durante as últimas semanas de crescimento, aumentando o teor de clorofila e criando uma cor verde maravilhosa. Em seguida, as melhores folhas são selecionadas e cuidadosamente trituradas com trituradores de pedra para produzir um pó fino.

 

 

// Dos benefícios do seu consumo regular, pode-se destacar:

 

  • Alta concentração de antioxidantes (137x mais polifenóis que o chá verde regular);

 

  • Prevenção de doenças do coração, pela redução do colesterol ruim e da pressão arterial, por conter manganês, potássio, ácido fólico e vitaminas, como a C, K, B1 e B2. 

 

  • Aumento de foco e energia pelo alto teor de L-Teanina, um aminoácido que ajuda a equilibrar a cafeína (que também é bem presente no Matcha). Essa substância ajuda a criar calma, porém sem sonolência. Ou seja: concentração;

 

  • Fonte de clorofila, que ajuda na detoxificação do organismo;

 

  • Melhora da saúde da pele, também pela riqueza de antioxidantes na composição, que ajudam a reduzir a inflamação e combater os radicais livres, retardando o envelhecimento da pele (e dos outros orgãos também.

 

  • Auxilio na perda de peso, vez que o EGCG, que é encontrado em altas concentrações no Matcha, aumenta a taxa de queima de gorduras armazenadas como energia, além de diminuir a formação de novas células de gordura. Ainda, há estudo que demonstram que as catequinas também presentes no Matcha aumentam a taxa de queima calórica do corpo diária e oferecem benefícios adicionais de queima de gordura durante o exercício.

 

Comecei a fazer uso dele como um Matcha Latte, mas aos poucos estou abrindo o leque de possibilidade de preparações. É um produto muito versátil, que pode ser usado tanto em preparações líquidas, cruas, quanto em assadas.

 

O mais importante é adquirir um matcha de qualidade, se possível orgânico. 

 

Segue a receita de mais uma ideia de uso. Preparação vegana, sem glúten, sem leite e sem açúcar refinado Não precisa de forno, nem muito ingredientes. Bem prática.

 

Vale lembrar que caso você não tiver matcha em casa ou não quiser usar, você pode retirar ele da preparação e fazer apenas uma barrinha de chocolate com coco (que é o que vai na camada de cima). 

 

Espero que gostem:

 

BARRINHAS DE CHOCOLATE E MATCHA 

 

 

 

INGREDIENTES:

 

 

Camada de chocolate

  • 13 tâmaras sem caroço (tipo medjol ou já hidratadas em água quente por 30 min).

  • 1/3 xíc. de amêndoas

  • 2/3 xíc. de castanha de caju

  • 1 c. de sopa de cacau em pó

  • 1 c. de chá de essência de baunilha

  • 1 pitada de sal

 

Camada de matcha

  • 1 colher de sopa de pó de matcha

  • 1/3 xícara de néctar de coco (você também pode usar mel ou agave)

  • 1/2 xícara de manteiga de coco

  • 1 c. de sopa de óleo de coco

  • Nibs de cacau (opcional - para decorar)

 

MODO DE PREPARO:

 

Processar as amêndoas e as castanhas de caju em um liquidificador ou processador de alimentos até parecerem migalhas finas. Em seguida, adicione o pó de cacau, o extrato de baunilha e o sal, processando até ficar bem homogêneo. Depois, adicione as tâmaras já hidratadas e processe novamente até formar uma massa pegajosa.

Coloque a mistura em uma forma (forrada com papel-manteiga) ou em forminhas de silicone individuais (eu fiz assim), preenchendo toda a base da forma com a massa, tomando cuidado para que fique bem nivelada. Um truque para a massa não grudar nas mãos é deixá-las úmidas com água. Feito isso, coloque a forma (ou forminhas) na geladeira para firmar por pelo menos 1 hora.

 

Para fazer a camada de matcha, derreta a manteiga e o óleo de coco em banho-maria (coloque essa panela em cima de uma outra panela com água fervente, certificando-se de que a parte inferior da tigela não está tocando a água). Mexa até que tudo tenha derretido e se incorporado. Em seguida, adicione o néctar de coco (ou mel) e o pó de matcha e misture até ficar bem homogêneo. A mistura vai ficar consistente, do tipo de que dá de modelar, é esse o ponto. Se for fazer na forma grande, coloque a mistura de matcha sobre a camada de chocolate e espalhe com os dedos até cobrir toda a parte de cima. Se for fazer em forma individuais, pegue a mistura em pequenas porções com as mãos e cubra com os dedos sobre a camada de chocolate da forminha.  Se quiser, finalize com nibs de cacau por cima.

Coloque a preparação de volta, agora no congelador, por aproximadamente uma hora para ajustar.

Depois, deixe em temperatura ambiente por uns 15 minutos, corte em quadrados e sirva, se for feito na forma grande. Se for na pequena, somente desenforme. 

Dá para armazenar as barrinhas na geladeira, em recipiente bem vedado, por aproximadamente uns 3/4 dias. 

 

 NHAC!

 

Com amor,

Luísa. 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload