• Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

Torta de maçã - American Pie

September 27, 2017

 

 

Cá entre nós, nunca fui muito fã de filmes besteirol-adolescente-típico-americano. Acho que comédia highschool que eu amei mesmo, foi só Superbad (COMO NÃO AMAR MCLOVIN? ÍDOLO DE UMA GERAÇÃO) e Meninas Malvadas (that's so fetch!), sendo que ambos já tem mais de DEZ ANOS que foram lançados. Tô velha, gente. 

 

 Sdds de ter medo de mostrar a identidade falsa - brincs, nunca fiz isso gente, quéisso :}

 

Enfim, o papo é American Pie. Como mencionei, não curti muito filme, achei too much no humor americano, mas enfim, foi um hit de bilheterias, né? Não tem como negar. Só ver a quantidade de continuações. Além do mais, nos apresentou atrizes maravilindas, como a nossa eterna Lily, de How I met your mother. E no mais, eu tava louca para fazer um torta por aqui, então pensei em unir a fome com a vontade de comer, se é que vocês me entendem. Sem delongas, vamos a receita (que já é bem longuinha, porque eu especifiquei beeeem cada passo). Tá bem completo, leiam com carinho.

 

TORTA DE MAÇàVEGANA SEM GLÚTEN

 

 

 

INGREDIENTES:

 

Massa:

  • 1 xíc ou 150g de farinha de trigo sarraceno

  • 1 e 1/4 xíc ou 150g de farinha de amêndoas

  • 1/2 xícara ou 60g de açúcar de coco

  • 2 e 1/2 c. de sopa ou 20g de fécula de batata

  • 1/2 c. de chá de sal marinho triturado

  • Raspas finas de 1 limão

  • 1/2 xíc ou 100g de óleo de coco

  • 2 c. de sopa ou 30ml de água gelada (+ ou - , a quantidade pode variar)

 

Recheio:

  • 100 g de purê de maçã (receita abaixo)

  • 2 maçãs descascadas e picadas

  • 2 c. de sopa de suco de limão

  • raspas de 1/2 limão

  • 1 c. de chá de canela

  • 3 c. de sopa de agave ou maple syrup (pode usar açúcar de coco ou mascavo também, mas a consistência pode variar).

 

PREPARAÇÃO:

 

Massa:

Unte uma forma grande de torta ou em forminhas individuais de torta, com óleo de coco.  Combine todos os ingredientes secos num bowl, incluindo as raspas de limão e misture, utilizando um fouet, para deixar a massa uniforme e eliminar qualquer pelota de farinha. Derreta o óleo de coco e, gradualmente, despeje sobre os ingredientes secos, mexendo continuadamente (é necessário certo malabarismo, confesso). Depois, acrescente a água gelada, no mesmo esquema, devagar e mexendo.

 

Obs. Nesse ponto, é importante ir analisando sensorialmente se é necessária toda a quantidade de água da receita, porque ela pode variar dependendo da farinha. Umas absorvem mais outras não. Então vá checando a textura aos poucos e veja se vai precisar umedecer mais ou menos do que o especificado aqui. 

 

Ao final, a massa deve estar homogênea, firme e desgrudando das mãos.

 

 

 

 

Obs. Aqui, você pode embrulhar bem a massa em filme plástico e congelar por até um mês ou 5 dias na geladeira.

 

Divida a massa em duas. Polvilhe bem pouco de fécula de batata sobre um papel-manteiga/tapete de silicone/plástico-filme e coloque uma das massas por cima, cobrindo-a novamente com papel-manteiga. Abra a massa entre os "dois compartimentos protetores" usando um rolo (ou garrafa de vinho, hehe) para evitar que ela grude na mesa ou no rolo. A espessura deve ser fina, aproximadamente uns 3mm.

Repita o mesmo processo com a outra massa.

Armazene as massas esticadas na geladeira por pelo menos 10 min.

 

 

 

Depois desse tempo, remova da refrigeração e retire a camada de cima da papel-manteiga de uma das massas. Com o auxílio da parte de baixo, deposite-a na forma (como mostro na foto abaixo), pressionando-a gentilmente no fundo e nas laterais para que cubra tudo uniformemente. 

 

 Se alguma parte quebrar, não tem problema. Só ir juntando os pedaços e ajeitando na forma novamente, fazendo a liga com a massa.

 

Obs. Nesse ponto, com a forma preenchida, você também pode deixar as tortas prontas, na forma, refrigeradas no freezer por até 30 dias ou 5 dias na geladeira. 

 

Em seguida, pré-aqueça o forno a 170°C.

Coloque novamente a massa (que está dentro da forma) na geladeira por, no mínimo, 10 min.

Retire e coloque sobre a massa papel manteiga, aderindo em todo fundo e bordas, e despejando por cima algo que pese - como arroz ou feijão. Veja na foto abaixo. Isso serve para que massa não "infle", diminua muito de tamanho e fique desnivelada quando aquecida.

 

 

 

Obs. ATENÇÃO: por motivos óbvios de CALOR, não utilize mais esse arroz ou feijão em preparações de comer. Se quiser, reserve e reaproveite para futuras receitas que precise de peso na massa da torta.

 

Asse a torta por cerca de 10 min até que fique levemente cozida.

Retire e coloque o recheio, já pré-pronto e frio.

 

Crua 

Pré-assada com o recheio 

 

Por fim, retire a outra massa esticada que está na geladeira. Daqui tem duas opções de finalização:

Mais fácil: Com a massa restante, faça recortes usando um aro de alguma coisa que você goste, como estrelas, corações ou um círculo mesmo e coloque por cima da "tampa".

Mais difícil: se quiser fazer que nem a típica torta de maça de filme ou for apegada nos detalhes, como eu, corte a massa esticada em tiras compridas (veja na foto abaixo) e coloque delicadamente por cima da "tampa" da torta, fazendo uma espécie de "xadrez". 

 

Obs. se ficar muito difícil de mexer porque a massa ficou muito mole, coloque mais uns minutinhos na geladeira ou no freezer, para o óleo de coco ficar mais sólido e ficar mais fácil de manusear.

 

Coloque novamente no forno, por cerca de 15 min ou até que esteja levemente corada. Para retirar da forma, espere esfriar bem, porque aquecida ela tem grande possibilidade de quebrar. Para retirar o fundo da forma, passe delicadamente uma espátula ou faca bem fina rente na base, até que ela descole por inteiro.

 

Recheio:

Para fazer o purê, é muito simples. Basta cortar 3 maçãs, cada uma em 4 pedaços (retirando o miolo) e colocar sobre uma forma assadeira. Assar em forno pré-aquecido a 180ºC, deixando-as lá por 10 a 20 min, até que estejam macias. Retire a forma do forno e coloque todo o conteúdo, inclusive os líquidos, em um liquidificador e bata. Está pronto.

O recheio propriamente dito, é apenas misturar bem os demais ingredientes ao purê - lembrando que as maçãs frescas devem estar bem picadas e sem casca -, em um bowl. Escorra o excesso de líquido que eventualmente podem soltar da maçã, para evitar que encharque a massa. Depois é só adicionar o recheio nas tortas pré-assadas, como esclarecido acima. 

 

 

 

 

 

Façam que fica muito delicioso mesmo. Quem provou, aprovou! 

Beijo, 

Luísa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload