• Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

Naturologia e Gastronomia: os benefícios das plantas medicinais na sua vida

 

Plantas medicinais em receitas maravilhosas!

 

Dessa LINDA união nasceu uma ideia - e uma parceria com uma profissional incrível - a Renata Hermes.

 

A Re é bacharel em Naturologia Aplicada, formada em Aromaterapia e pós graduada em Fitoterapia, entre muitos outros cursos. Nada fraco esse currículo, né? 

 

Conheci a Re através do Natural Chef e fiquei impressionada com o conhecimento, a didática, e principalmente, a paixão que ela tem sobre o maravilhoso mundo das plantas medicinais e seu poder curativo na nossa vida! 

 

E como o intuito é sempre compartilhar informações de qualidade, nada melhor do que ela para falar sobre as ervas na área da naturologia e eu, aplicando na gastronomia funcional.  

 

Assim, preparamos 10 posts especiais sobre plantas medicinais e culinária e, em cada post, falaremos sobre uma erva, fruto ou especiaria específica para você incluir em sua alimentação, sabendo todos os benefícios oriundos do que está consumindo, tanto na parte física quanto psicológica. 

 

Sobre esse ponto, a Re explica melhor:

 

 

"Desde as épocas mais remotas, as plantas medicinais são conhecidas e utilizadas como remédios na prevenção e cura de diversas doenças. Atualmente, é quase impossível você elaborar um prato sem uma (ou algumas) ervas ou especiarias entre os ingredientes. 

 

Combinadas com graça e moderação (como a Luísa irá nos ensinar) são capazes de tornar um prato banal em algo realmente atrativo! E mais: super saudável - para o corpo, mente e emoções. 

 

Embora as plantas medicinais não possam ser consideradas imprescindíveis quando falamos em nutrição, já que proporcionam uma pequena quantidade de fibras e sais minerais, você vai ver - nos futuros posts - que o uso na culinária já é capaz de produzir benefícios, como: fortalecimento do sistema imunológico, melhora no processo de digestão e diminuição de retenção líquida.

 

Há, também, o aspecto sutil das plantas. Estudou-se, há muito tempo, como elas crescem, em que meio se adaptam, como eram utilizadas nos rituais da antiguidade e quais foram suas participações na história da humanidade. Descobriu-se que elas influenciam nossas lembranças e emoções (através do cheiro - sistema límbico).

 

Assim, veremos como podemos nos beneficiar com a ingestão para ter mais foco e concentração, ou mais leveza e alegria, ou talvez você precise de mais clareza para saber dos seus objetivos?

 

Tudo isso a partir da semana que vem! Serão 10 posts, 10 ingredientes diferentes, 10 receitas maravilhosas, 10 segundas-feiras. Não vejo a hora de já começar! Nos acompanhe que vai ser lindo!"

 

 

MAL POSSO ESPERAR TAMBÉM, RE!

 

Segunda que vem tem o primeiro post da série.

 

QUEM VEM COM A GENTE?

 

 

 

 

 

 

 

 

Referências:

 

CHEVALLIER, Andrew. Ervas medicinais: guia natural para cuidar da sua saúde. São Paulo: Publifolha, 2005.

 

HOFFMANN, David. O guia completo das plantas medicinais: ervas de A a Z para tratar doenças, restabelecer a saúde e o bem-estar. São Paulo: Cultrix, 2017.

 

Gimenes, Bruno. Fitoenergética: a energia das plantas no equilíbrio da alma. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2016.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload