Coentro - "Moqueca" de feijão branco desintoxificante

 

 

 

Coentro – Equilíbrio entre luz e sombra

Coriandrum sativum

 

 

 

Muitas pessoas confundem coentro com salsinha. São bem diferentes. Se você também tiver dúvida, a próxima vez que for ao supermercado, inale o aroma dos dois e você irá perceber que a diferença é grande.

 

No ramo da fitoterapia, costumamos dizer que o aspecto sutil do coentro não é nada sutil, pois ele age profundamente, nas características que, geralmente, estão escondidas. O coentro é a planta que limpa tudo que é tóxico a nível físico, mental e emocional. É para tratar a “sombra” – aquilo que, normalmente, não é aceito pela maioria das pessoas.

 

Qual é a sua sombra? Você é vingativo? Ciumento? Você é esnobe? Não cumpre com seus objetivos? Você mente? Você trai? O que, normalmente, você esconde? Coentro auxilia a equilibrar.

 

Ele ajuda a combater o excesso de vaidade, ego e futilidade, equilibra nossa energia gerando tranquilidade para se compreender e compreender o outro. Ajuda a reduzir o ímpeto e traz capacidade de ponderar, eleva moral e gera bons costumes.

 

Ele é um condimento que torna as comidas pesadas mais fáceis de digerir, eliminando gases e aliviando dores abdominais espasmódicas que, às vezes, acompanham a flatulência. Também abranda diarreia.

 

 

 

MOQUECA DE FEIJÃO BRANCO

 

 

 

 

INGREDIENTES:

  • 2 xíc. de feijão branco cozido

  • 1 cebola grande picada

  • 2 a 4 dentes de alho picados (depende de quanto você gosta)

  • 1 xíc de tomates bem maduros picados

  • 1 xíc de pimentão vermelho e/ou amarelo picado

  • 1 xic de leite de coco

  • 1/2 xíc de água

  • 1 c. de sopa de azeite de oliva

  • 1/2 c. de chá de cominho em pó

  • 1 xíc de coentro picado 

  • 1/2 c. de chá de sal

  • 1/4 c. de pimenta do reino

  • 1 pimenta dedo de moça (sem a semente) picada (opcional - se quiser mais apimentado)

  • 1 c. de sopa de azeite de dendê

  • Suco de meio limão

 

 

MODO DE PREPARO:

 

Cozinhe o feijão branco e reserve.

 

Numa panela grande, acrescente o azeite de oliva e refogue a cebola e o alho por 5 minutos.

 

Depois, acrescente os tomates e depois o pimentão e refogue por mais 2 minutos, adicionando os temperos (cominhos, sal, pimenta).

 

Coloque, em seguida, o leite de coco e a água e deixe levantar fervura. Levantando fervura, acrescente o feijão branco e deixe que cozinhe por cerca de 10 minutos, com a panela tampada.

 

Desligue o fogo e acrescente o coentro picado (ou salsinha, se preferir), o azeite de dendê e o suco de limão. Prove e veja se precisa corrigir o tempero. Sirva em seguida. 

 

Sabendo que o coentro é ótimo para digerir alimentos mais pesados, logo me veio a mente combiná-lo com um alimento que nem sempre conseguimos absorver com facilidade no organismo: o feijão branco!

 

Os feijões são ótimas fontes de proteínas, triptofano, ácido fólico, manganês, ferro, entre outros nutrientes, mas nem sempre são muito amigos do nosso intestino. Com o coentro, evita-se o acúmulo de gases, tornando a refeição muito mais leve.

 

No fim, nasceu uma moqueca bem diferentona, mas muito saborosa. Unindo um prato super equilibrado, - e que convenhamos, nasceu para ter coentro nele! -, com a graça do feijão branco, fazendo as vezes do peixe. 

 

Confesso que não fez falta nenhuma. Experimentem para ver. 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload