• Luísa Colombi

5 Dollar Milkshake - Pulp Fiction


Quentin Tarantino. Que ícone, que visionário, que pessoa INSANA. Daria um braço para observar as consultas dele com o psicólogo para saber o que se passa na cabeça desse ser humano.

São muitos (MUITOS!) filmes escritos e dirigidos por ele. Meu preferido, disparado, sempre foi Kill Bill - tanto o volume I quanto o II -, mas com certeza Pulp Fiction tem lugar de destaque no meu coração.


É um clássico do cinema e quem não viu, faz favorzinho de ver AGORA, porque não dá para continuar seguindo a vida sem ter assistido essa obra prima da grande tela.

De qualquer modo, para quem esteve morando em marte por esses tempos e nunca ouviu falar do filme, ele narra, de forma nada ordenada cronologicamente, três histórias diversas, interligadas por dois assassinos profissionais, Jules Winnfield (Samuel L. Jackson) e Vicent Vega (John Travolta). A narrativa se divide em três atos, e vai se relacionando com os dois, as vezes diretamente ou não, e sua relação com vários personagens icônicos, como Mia Wallace, representada pela queridinha do diretor, Uma Truman.


A história tem violência, ironia, grandes diálogos e detalhes recheados de significado, cada vez que você para para analisar um personagem ou cena. Essa é a graça do Tarantino, nada está de graça ali. Mesmo sem sentido previamente, tudo se relaciona no final. Há sempre algo para se ponderar, refletir e descobrir. A mensagem final é entregue para quem busca, permeada de diversas interpretações possíveis.


A preparação de hoje é inspirada no momento clássico em que Vicent Vega e Mia Wallace estão no restaurante temático Jack Rabbit Slim's, onde os funcionários se vestem como sósias de ícones pop da década de 50, e os personagens fazem a famosa dança de twist. Antes dessa cena, ambos estão sentados na mesa, e Mia recebe o seu pedido feito anteriormente, um Milshake de ˜5 Dollar". Ela prova e, em seguida, Vicent pede para experimentar e solta a célebre frase:

Então bora fazer um milkshake que valha os 5 dólares (RISOS COTAÇÃO), mas de maneira deliciosamente saudável? Nada de lactose, sorvete com gordura hidrogenada e açúcar. Só ingredientes bons e tão saborosos quanto!

Segue a receita:




5 DOLLAR MILKSHAKE (SEM LACTOSE E SEM AÇÚCAR)

INGREDIENTES:


Shake:

  • 1 xic. de leite vegetal (usei de arroz com amêndoas)

  • 1 banana congelada

  • 1/2 avocado

  • 1 scoop de Whey sabor baunilha da Essential Nutrition (opcional) ou 1 c. de chá de extrato de baunilha

  • 1 c. de sopa de biomassa de banana verde


Cobertura:

  • 1 clara

  • 2 c. de sopa de xylitol da Essential Nutrition (pode substituir por açúcar demerara ou de coco - mas neste último ficará com cor escura).

  • 1 cereja


PREPARAÇÃO:

Bater todos os ingredientes do Shake em um liquidificador ou mixer até ficar homogêneo.

Para cobertura, bater as claras em neve com uma batedeira ou fouet, adicionando o xylitol/açúcar após as claras começarem a espumar.

Despejar a mistura do shake em um copo e cobrir com o "merengue", finalizando com uma cereja (e um canudo, se tiver!).



THAT'S A PRETTY FUCKIN' GOOD MILKSHAKE!

Gostaram?

Beijos,

Luísa.


Posts recentes

Ver tudo