Tiramisu - sem leite

July 21, 2017

 

 

Um dos meus doces preferidos é Tiramisu. Provavelmente pelo meu fascínio por coisas com café ou por aflorar o meu lado meu italiano, ou simplesmente porque acho sobremesas menos doces mais gostosas. Esse é um estilo BEM adaptado do normal (que a nona e a Italia toda me perdoe!) mas fica tão gostoso quanto! Vou dizer que me surpreendi muito com o resultado. 

É muito saudável, não leva nenhum açúcar refinado e pode ser apreciado por quem tem restrições à leite (ovos e glúten também se adaptar).

Sei que os ingredientes não são dos mais baratos, mas a ideia é preparar para um ocasião especial, não comer todo dia (até porque nem faz bem).

Tem dois modos de fazer: o preguiçoso e o elaborado.

Claro que o esforço sempre é recompensado, então a versão "mais trabalhosa" sempre vale mais a pena, até porque o trabalho maior é só o planejamento.

Eu fiquei no meio do caminho, fiz a elaborada, mas com uma ajudinha numa parte,

De resto, ela é uma sobremesa que facilita, porque não vai no forno e você pode preparar um dia antes de servir (já que é resfriada). Vai surpreender todo mundo positivamente, confia em mim, fia

 

TIRAMISU (SEM LEITE):

 

INGREDIENTES:

 

 

 

Base:

 

1. Versão elaborada:

  • Fazer o próprio biscoito: uma receita boa e já testada por mim é está aqui.

  • 1 xícara de café passado forte frio (dá para usar o solúvel também, seguindo as instruções da embalagem)

  • 1 c. de sopa de vinho marsala ou rum

 

2. Versão preguiçosa:

  • 4 pacotes de biscoito de baunilha - usei o orgânico da Native 

  • 1 xícara de café passado forte frio (dá para usar o solúvel também, seguindo as instruções da embalagem)

  • 1 c. de sopa de vinho marsala ou rum

 

Recheio de creme:

 

1. Versão elaborada:

  • 2 xic. de castanhas de caju cruas - já demolhadas e escorridas por pelo menos 12h

  • água (se necessário)

  • 2 c. sopa de óleo de coco em estado líquido

  • 1 pacote de probióticos (eu usei este, por exemplo)

  • 4 c. de sopa néctar de coco (pode substituir por maple syrup, agave ou mel, - lembrando que o último terá gosto residual - ou algum adoçante, como xylitol)

  • 1 c. de sopa de extrato de baunilha

  • uma pitada de sal

 

2. Versão preguiçosa

  • 2 xic. de castanhas de caju cruas - já demolhadas e escorridas por pelo menos 12h

  • água (se necessário)

  • 2 c. sopa de óleo de coco em estado líquido

  • Suco de 2 limões

  • 4 c. de sopa néctar de coco (pode substituir por maple syrup, agave ou mel, - lembrando que o último terá gosto residual - ou algum adoçante, como xylitol)

  • 1 c. de sopa de extrato de baunilha

  • uma pitada de sal

 

Cobertura:

  • cacau em pó 

  • opcional: nibs de cacau ou café em grão para decorar

 

PREPARAÇÃO:

 

Base:

Antes de começar, quero deixar claro que, para a base, infelizmente não estava com tempo para preparar o biscoito do começo, apesar de preferir sempre fazer a receita toda. Esses biscoitos quebram um galho, mas não são isentos de glúten, de modo celíacos não poderão usar. Por isso deixei a opção de receita de um biscoito-base que não leva glúten. Se achar um biscoito sem glúten de baunilha pronto para vender também serve

Misture o café passado e o vinho/rum (que estão nos ingredientes da base) num um bowl pequeno.

 

Recheio de Creme:

Para a versão elaborada do recheio de creme, - que fica muito muito boa! - o segredo é deixar o "creme" fermentar. Assim ele fica com gosto que lembra bastante cream cheese.

Então você processa a castanha de caju, com o mínimo de água possível, num liquidificador até que vire uma pasta consistente. Depois, transfira para um recipiente e acrescenta o pacote de probióticos. Cubra com um pano e deixe fermentar por pelo menos 24h em temperatura ambiente. 

Depois desse tempo, retire o pano que cobre a mistura e acrescente os demais ingredientes, misturando com uma espátula. 

 

Na versão preguiçosa, você não fermenta o creme, mas acrescenta limão para dar um azedinho, pulando então o período de 24h de espera. Fica bom também, mas não lembra tanto cream cheese. Dai fica da disposição e tempo de cada um. Neste caso, é só processar todos os ingredientes do recheio de creme preguiçoso em um liquidificador (se ficar muito difícil de bater, pode adicionar água aos poucos - mas a textura é mais consistente), e está pronto. 

 

Montagem:

Pegue uma travessa pequena ou potes menores (se fizer porções individuais, como eu fiz) e deixe a vista.

Mergulhe os biscoitos por alguns segundos na mistura de café passado com vinho/rum e os coloque na base da travessa/pote, até cobrir por inteiro a base.

Cubra os biscoitos com o recheio de creme em uma camada de 2 cm aproximadamente (mas vai de olho).

Com uma peneira, salpique o cacau em pó em cima do creme (veja as fotos abaixo).

 

 

 

 

Repita todo o processo até que os biscoitos acabem ou o creme esteja no final. O importante é que a última camada deve ser de creme

Por fim, polvilhar o cacau em pó e decorar com cacau nibs ou grão de café. 

Deixar na geladeira por pelo menos 2 horas para firmar o recheio. 

Se estiver servindo na travessa, na hora de comer, corte o tiramisu em quadrados e sirva no prato.

 

 

 

 

Voilà!

Fica incrível, né?

Me digam se fizeram e se gostaram!

Com amor, 

Luísa. 

  

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Search By Tags
Please reload

Archive
Recent Posts
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon